A importância de ter um bom terapeuta Reikiano

//A importância de ter um bom terapeuta Reikiano

A importância de ter um bom terapeuta Reikiano

Mesmo com a terapia tradicional, a ligação entre o terapeuta e o paciente precisa acontecer para haver confiança e abertura. No processo do Reiki, isso não é diferente. Nesse artigo, você vai entender porque encontrar um terapeuta Reikiano é extremamente importante para o tratamento.

O que é o Reiki

Antes de tudo, vale a pena entender o que é essa prática que está cada vez mais popular. O Reiki é uma prática de harmonização energética através da impostação das mãos. O Mestre Usui iniciou a prática no Japão e ela se internacionalizou na época da Segunda Guerra Mundial.

No Reiki, há um estudo e aprofundamento dos Chakras, sendo eles vórtices de energia distribuídos no corpo de qualquer ser vivo. Acredita-se que toda manifestação de doença em plano físico acontece por um distúrbio energético em algum Chakra, podendo ser tratado a nível emocional, mental ou espiritual.

Para conhecer mais sobre o Reiki, recomendamos a leitura do nosso e-book gratuito.

A fonte da energia Reiki

O Reiki não usa a energia do terapeuta Reikiano, mas sim do Ki, ou energia vital presente no universo. Somente os Reikianos iniciados na técnica conseguem transferir essa energia para o paciente sem esgotar a própria fonte.

A relação entre o terapeuta e o paciente

Além disso, ao fazer a transferência da energia vital universal, o terapeuta precisa se atentar às mensagens subliminares que podem ser enviadas inconscientemente ao paciente. A imparcialidade é ponto fundamental da sessão de Reiki.

Normalmente, no início da sessão, o terapeuta pode perguntar ao paciente se existe algum ponto específico que deseja tratamento, mas nunca pode ordenar como será a condução. Tudo deve ser feito mediante consentimento e aceitação do paciente.

Uma prática interessante é realizar o escaneamento dos Chakras, durante os 5 primeiros minutos da sessão, para avaliar qual o estado do paciente. Assim, o terapeuta pode resumir os principais pontos de atenção, sugerindo como pode contribuir para harmonização. Entretanto, essa prática não é recomendada em sessões mais curtas.

Quando a proximidade entre o terapeuta e paciente pode ser prejudicial?

Uma das grandes dificuldades de se aplicar Reiki em família ou amigos próximos é de querer inferir algum tratamento diferente do que o paciente pediu. Um exemplo claro é quando o paciente pede um tratamento a nível mental, mas o terapeuta, por “conhecer muito bem” aquela pessoa, escolhe também tratá-lo a nível emocional.

Outro problema comum é a transmissão de mensagens subliminares. Um bom terapeuta cuida da forma como transmite as mensagens durante a sessão. Se um paciente tem medo de água, a mensagem precisa ser no imperativo positivo, afirmando que a relação dele com a água é sadia. Se um terapeuta mentaliza fortemente mensagens que iniciam com o negativo, mesmo que “não tenho medo de água”, a energia transmitida será contrária à da cura. Deve-se evitar palavras cujo significado remete angústia, temor, tristeza e dramatização.

Como buscar um bom terapeuta reikiano?

Antes de iniciar o tratamento de Reiki, busque recomendações, assim como faria com um médico. É muito importante ter boas recomendações ou encontrar centros holísticos de confiança. O Lux Adamantis conta com uma equipe de extremo profissionalismo para aplicar Reiki. Saiba mais sobre nosso projeto Energia para Todos.

2018-07-11T18:42:39+00:00julho 3rd, 2018|0 Comentários