Costumamos a ouvir dizer que os olhos são “as janelas da alma”. Os olhos expressam emoções de tristeza ou alegria. São eles que captam as imagens que “vemos” pelo mundo, como belas paisagens ou o rosto de quem amamos. Os olhos podem também funcionar como um verdadeiro mapa do nosso corpo, e é através deles, mais especificamente a partir da íris (parte colorida do olho), que a Iridologia consegue fazer um diagnóstico completo.

Segundo essa ciência milenar, com mais de 3.000 anos de existência, é possível identificar doenças específicas em órgãos e o estado geral de saúde a partir da análise da íris. Cada pessoa nasce com marcas únicas em sua íris e elas são usadas pelo profissional Iridologista para fazer o diagnóstico. Que tal entender mais como essa técnica funciona e quais são seus benefícios? Acompanhe com a gente!

Como funciona a Iridologia?

Primeiramente, é feita uma anamnese, ou seja, uma breve entrevista com o paciente, pois a partir das respostas, o terapeuta  já começa a elaborar o diagnóstico. Posteriormente, o Iridologista faz a observação da íris com um iridoscópio, instrumento dotado de lentes que permitem a observação da íris em seus mais microscópicos detalhes.

O exame não é invasivo e também não é doloroso, é apenas uma observação mesmo. Alguns aparelhos conseguem fazer uma fotografia da íris e passam a imagem para um computador, assim o profissional pode mostrar para o paciente os detalhes.

A íris é formada por cerca de 28 mil terminações nervosas que estão diretamente ligadas ao cérebro, e há também uma relação entre ela e todos os órgãos do corpo.

Então, são avaliadas se há alterações, representadas por raios, desenhos, pontos, buracos ou mudanças de cores. Com isso, é possível detectar quais partes do corpo estão saudáveis, doloridas ou doentes. Na íris é possível encontrar as diversas camadas de cores desde o branco até o preto. A camada branca representa o estado agudo de uma doença, por exemplo. Já o preto pode indicar um estado crônico.

Quais são os benefícios?

A Iridologia é uma terapia holística, portanto, ela avalia a pessoa como um todo. Considera aspectos emocionais, físicos, comportamentais, nutricionais, energéticos e até espirituais. Assim, ela traz o benefício do conhecimento global do corpo em todos os seus aspectos, e a pessoa adquire consciência geral do seu estado de saúde.

Outro benefício é que se consegue saber quais órgãos ou sistemas orgânicos estão com alguma disfunção, e se existe uma inflamação no organismo.

Iridologia associada a terapias complementares

Os Iridologistas podem ser capacitados também em terapias complementares, como por exemplo: fitoterapia, homeopatia, aromaterapia, naturopatia, saúde quântica, medicina tradicional e outros. Assim, além do diagnóstico, eles podem oferecer algumas opções de tratamento complementares às indicações médicas. Por isso, é comum que os com formação ampla sugiram o uso de florais, ervas medicinais, óleos essenciais, ofereçam alguma orientação alimentar e, até mesmo, conselhos sobre aspectos comportamentais e psicológicos. Caso vejam necessidade, podem até  encaminhar o paciente para outros profissionais da área de saúde.

Deu para perceber que Iridologia pode ajudar a diagnosticar doenças, fazer a prevenção em saúde e, até mesmo, ser complementada por tratamentos naturais. Que tal agendar uma consulta e alcançar o equilíbrio do seu organismo?

Solicite um agendamento por aqui agora mesmo ou entre em contato conosco pelo telefone (31) 2512-0657‎! Estamos em Belo Horizonte, e será um prazer ajudar você a se cuidar!